Notícias

Compartilhe

Facebook Tiwitter Google + i


Vítimas do Holocausto são lembradas em ato solene pelo prefeito em Alfenas

por Ascom Última modificação em 31/01/2020 | 15h 16min |

Dia 27 de janeiro vítimas do Holocausto são lembradas em Alfenas, e em ato solene o prefeito Luiz Antonio da Silva (Luizinho) assinou decreto institucionalizando no Município a data como dia de celebração em memória às vítimas do Holocausto. A Prefeitura de Alfenas, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, em parceria com o Instituto de Cidadania e Direitos Humanos (ICDH), Federação Israelita de Minas Gerais (FISEMG), Instituto Histórico Israelita Mineiro e Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL) se uniram nesta semana intensa de atividades, de 27 a 30, em celebração ao “Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto”.

Para lembrar o dia, aconteceu várias exposições em memórias às vítimas do Holocausto com mostra de quadros, debates, rodas de conversas, exibição de filmes: “Amém e O longo caminho para casa”, com debates abordando o tema na Câmara Municipal, Prefeitura, Secretaria de Educação e Cultura, e também na Praça Getúlio Vargas, com exposições e movimentos em homenagem às vítimas. As palestras foram proferidas pelo Dr. Vander Cherry, Presidente do ICDH, na Câmara Municipal de Alfenas e Jacques Ernest Levy, Diretor do Instituto Histórico Israelita Mineiro, abordando o tema judaísmo, intolerância, racismo e antissemitismo.

O decreto assinado pelo prefeito em homenagem ao Dia Internacional em memória das vítimas do Holocausto tem como finalidade promover a reflexão contra qualquer tipo de discriminação, intolerância e tirania, e a valorização da convivência e a cultura da paz no município de Alfenas.

Em seu post nas redes sociais o prefeito fez comentário sobre o Dia de Resistência contra intolerância. Assinei Decreto que transforma o dia 27 de janeiro como memória das vítimas do Holocausto, em uma roda de conversa na Câmara Municipal com o senhor Jacques Ernest Levy judeu militante, e famílias judaicas, Engel e Boczar. “Lembrar pra não deixar repetir”, concluiu.

DECRETO Nº 2.2484, de 20 de Janeiro de 2020

Art. 1º Fica escolhida, anualmente, a data de 27 de janeiro como dia de celebração em memória às vítimas do Holocausto.

Parágrafo Único – A data tem como finalidade promover a reflexão e o combate contra qualquer tipo de discriminação, intolerância e tirania e a valorização da convivência fraterna.

Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

A data foi criada pela ONU, em 2005, através de uma resolução que instituiu 27 de janeiro como o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto. A data é uma homenagem aos seis milhões de judeus e às outras vítimas do extermínio nazista.