Notícias

Compartilhe

Facebook Tiwitter Google + i


Alfenas participa da 7ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais

por Ascom Última modificação em 18/08/2019 | 13h 32min |

O Terceiro Seminário do Patrimônio Cultural Educação Patrimonial, Culinária e Turismo, inscrito na 7ª Jornada Mineira do Patrimônio Cultural de Minas Gerais, proposto pelo IEPHA (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico de MG) realizado pela Prefeitura de Alfenas, através da Secretaria de Educação e Cultura, aconteceu no salão da Câmara Municipal nesta sexta-feira, dia 16 de agosto. O evento contou com a presença do prefeito Luiz Antonio da Silva (Luizinho); das secretárias Tani Rose (Educação e Cultura); Lilian Mara de Castro Azevedo (Planejamento Estratégico), e de Antonio Augusto Garcia Veríssimo (Ação Social), coordenadores e demais servidores públicos.

O Seminário teve como palestrantes: Drª Shellard Corrêa, professora do Curso de História da Universidade Estadual de Minas Gerais, Unidade de Campanha, que abordou sobre o tema História Ambiental, historiografia, história e paisagem. A empresa Triângulo Cultural com três palestrantes entre eles; Wagner Fernandes, Fernanda Eugenia e Jaime Diniz, que apresentaram estudos sobre o dossiê de Registro Imaterial da Feira Livre de Alfenas. O secretário de Ação Social Antônio Veríssimo, discorreu sobre Cicloturismo – Tour de Alfenas. E, finalizando os trabalhos Marília Couto, ex-presidente do Conselho de Alimentação Escolar de Alfenas e Diretora do CEMEI Professor Pedro Paulo (Santa Clara), abordando sobre Culinária, Cultura e Segurança Alimentar.

O encontro teve por finalidade mobilizar municípios, entidades e agentes culturais para a realização de atividades que sensibilizem a sociedade para a promoção, valorização e preservação do patrimônio cultural, realizada bienalmente nos anos ímpares, a Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais. O evento ocorre durante todo o mês de agosto e integra as comemorações do “Dia do Patrimônio”, celebrado em 17 de agosto, pelo IEPHA-MG. O tema traz como objetivo promover ações que tratem dos modos de fazer, das receitas, dos lugares e práticas ligadas à alimentação, seu preparo, as particularidades de cada região e seu patrimônio gastronômico. Atendendo os requisitos da jornada, a prefeitura de Alfenas receberá pontuação no programa de ICMS Patrimônio Cultural, valores estes que serão revertidos em mais investimentos na valorização do patrimônio da cidade.

 A Jornada

A Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais acontece desde 2009, e teve sua inspiração inicial na experiência francesa das Journées du Patrimoine. Criado na França em 1984, o evento se consolidou por marcar, nacional e anualmente, um final de semana de mobilização popular em torno da valorização e preservação do patrimônio francês. O sucesso na França foi tanto que hoje a Jornada Francesa expandiu-se para todo o Velho Continente.

Em Minas, nas últimas edições realizadas, mais de 1,5 mil proponentes promoveram cerca de 3,5 mil ações abordando diferentes temas sobre o patrimônio cultural. Com a participação de mais de 600 municípios, a iniciativa foi agraciada com o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade de 2010, na categoria Divulgação do Patrimônio Cultural. O prêmio é um reconhecimento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que valoriza ações que se destacam na preservação do patrimônio.