Notícias

Compartilhe

Facebook Tiwitter Google + i


Após análise, laudo confirma contaminação de água da Mina

por Ascom Última modificação em 29/11/2018 | 10h 14min |

A mina de água do Residencial Oliveira vai passar por reforço no monitoramento em Alfenas. A nascente foi interditada para consumo humano depois que foram encontrados coliformes fecais em amostras coletadas no início de novembro.

Segundo os técnicos da Vigilância Ambiental, a mina continuará interditada para novos procedimentos como, higienização da tubulação do escoamento de água e limpeza geral no local. Novas amostras foram coletadas para análise e não há prazo para a liberação da água para consumo.

A área continua isolada, e foram colocadas novamente placas com alerta à população sobre o consumo impróprio da água. A Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Ambiental, adverte mais uma vez e pede a colaboração de todos os usuários, ou de quem frequenta o local para não retirar as placas de sinalização, pois todos devem ter cuidado com a saúde.

VEJA ABAIXO O RESULTADO DO LAUDO DE ANÁLISE DE Nº 114/2018 E RELATÓRIO DE ENSAIOS.